Codinome Beija-Flor----- gabriell de minno

Codinome Beija-Flor

Cazuza

Composição: Cazuza / Ezequiel Neves / Reinaldo Arias
Pra que mentir
Fingir que perdoou
Tentar ficar amigos sem rancor
A emoção acabou
Que coincidência é o amor
A nossa música nunca mais tocou...
Pra que usar de tanta educação
Pra destilar terceiras intenções
Desperdiçando o meu mel
Devagarzinho, flor em flor
Entre os meus inimigos, beija-flor
Eu protegi o teu nome por amor
Em um codinome, Beija-flor
Não responda nunca, meu amor
Pra qualquer um na rua, Beija-flor
Que só eu que podia
Dentro da tua orelha fria
Dizer segredos de liquidificador
Você sonhava acordada
Um jeito de não sentir dor
Prendia o choro e aguava o bom do amor
Prendia o choro e aguava o bom do amor



moverminimizar normal grande fixar player fechar
 
axo que com essa letra ja da pra dizer tudo
minha forma e visao de um amor impossivel
me pergunto todos os dias porque as pessoas optao por sofrer desenfreadamente, e o porque de criarmos motivos pra nao estarmos com quem realmente gostariamos de estar?
ao contrario de meu adoravel imao e postador augusto jr que é uma pessoa que ve os raciocinios do homem sentimental eu vejo os sentimentos do homem racional.
isso que se inicia aqui é uma discurção sobre os sentimentos que fazem os homens se moverem, e tambem uma formade sugerir que as pessoas optem por viver ao invez de se torturarem

3 comentários:

poeta embriagado disse...

ja dizia meu nobre cazuza "Dizer segredos de liquidificador", aquele segredo que se grita aos quatro cantos do mundo, mas os outros fingem que não veem. o segredo de um dizer "eu te amo " e o outro fingir que não ouve. e ha ainda quem finge que não ama tambem. talvez busquemos o desprazer para que possamos sentir mais ainda o desejo pelo prazer. acho que de certa forma , ou de certo masoquismo, não deixa de ser gostoso sofrer, talvez a gente goste disso, e goste de sofrer e sentir o desejo de cessar a dor, e quando tudo parece perfeito, nos estragamos tudo para sofrer de novo, para alimentar nosso masoquismo e nossa sadismo sentimental, muito e ao mesmo tempo pouco racional

ragnell disse...

muito bom blog de vcs parabens

http://www.papodebuteco.log7.net/

Apaixonados disse...

Sofrer por amor é triste mesmo, mas muitas vezes, necessário! Sou dessas também que acha controlavel os sentimentos e sofre por amor quem quer. Quando a gente quer, esquecemos da pessoa. Não nos tornamos dependentes. Acho que o certo é ficar junto por opção e não para não sofrer.
Abraços
Thai

Term of Use

deixe seu comentário e o link do seu blog que eu te seguirei
no mais seja bem vindo a casa é sua